Mais um crime de Estelionato foi registrado em Poços, desta vez em um comércio da área central do município. A gerente de uma loja relatou a PM que recebeu uma ligação no mês passado de uma mulher oferecendo uma Lista Telefônica, dizendo que não haveria gastos aos comerciantes.

Mas um tempo depois, ela recebeu uma outra ligação, afirmando que havia uma taxa de R$300,00 a ser pago relativos a lista, e que se não fosse pago o nome seria inscrito nos Serviços de Proteção ao Crédito (SERASA).

Para “evitar transtornos”, o proprietário da loja pagou o valor de R$300,00. Ainda inconformada com a situação a gerente novamente fez contato com a empresa, através de um 0800 fornecido anteriormente, para cancelar o suposto contrato fraudulento da melhor forma, porém, foi dito que seria necessário pagar uma multa de R$1.300,00 para o cancelamento.

Novamente o proprietário decidiu pagar o valor cobrado para “evitar transtornos” e colocar fim no assunto. A suposta empresa voltou a ligar e afirmar que ainda faltavam duas edições a serem pagas perfazendo um total de R$1800,00. Desesperada com esta extorsão a gerente decidiu não pagar e acionou a PM. Ela afirma ainda no boletim de ocorrência ter ficado profundamente abalada psicologicamente e emocionalmente com o corrido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here